China paga 1.000 euros para "delatores" de sites pornôs

A pornografia na internet sempre foi uma das principais preocupações do governo chinês. Apesar de o país estar entre os que possuem o maior número de usuários na Internet o acesso à informação sofre inúmeras restrições, principalmente se for pornográfico.

Neste mês o governo anunciou que irá pagar até 1000 euros para internautas que denunciarem sites pornográficos.

A medida foi tomada para garantir a eficácia na “luta” contra os sites de conteúdo pornô que,  segundo o governo chinês, “se alastram desenfreadamente pela web”.

china

As autoridades informaram, na sexta feira (04/12/09), que pagarão os usuários da internet que fizerem as denúncias. O preço da “recompensa” é de 100 até 1000 euros.

Para o intento o governo criou um número de telefone que receberá exclusivamente as denúncias, organizado pelo Centro de informações ilegais na internet.  A agência responsável informou à AFP que o número recebeu em um dia de funcionamento cerca de 500 denúncias.

O “prêmio” para os delatadores de plantão varia de 100 a 1000 euros, de acordo com uma tabela que estipula o valor de acordo com a “qualidade da delação” (quem denuncia primeiro ou se a denúncia é  confirmada, por exemplo).

Fonte: APF

Deixe uma resposta

  • Publicidade